Pintura com estêncil

Pintura em tecido com estêncil.

É fácil de fazer, e dá uma cara nova àquela calça que você não usa há um tempão.

 

Você vai precisar:

Uma calça usada.

Tinta spray (duas cores)

Estêncil com o desenho de sua escolha.

Fita crepe

Esponja, para o estêncil

Um pedaço de cartolina.

Cola permanente. (opcional)

Como você faz:

Passo 1:  Coloque a cartolina por dentro da roupa para que a tinta não ultrapasse para o outro lado. Use cola permanente, para colar as bordas do estêncil no tecido, para evitar qualquer vazamento de tinta.

Passo 2: Pulverize a tinta sobre o estêncil. Observe se está tudo preenchido. Faça o acabamento com a esponja, e deixar secar.

Passo 3:  Se você tiver experiência, tente a mistura de cores mais claras e escuras para criar um efeito tie-dye.

Ispydiy_foraldenim_slider-1

Ispydiy_foraldenim_steps (1)Ispydiy_foraldenim_steps (2)

Ispydiy_foraldenim_steps

Imagens: Google

Anúncios

Denim Reciclado

Eu adoro usar jeans. Acho que veste super bem, e fica bonito com quase tudo.

Eu gosto de reciclar jeans, e vivo recebendo doações de amigas para fazer tapetes. Em breve usarei este retalhos para outras artes também.

Tenho algumas ideias…

Então…

Que tal um blazer, feito de retalhos?

Simples e lindo.

1465128_314552648738599_193206438449568150_nç1465128_314552648738599_193206438449568150_n

 

Blusa de Renda

Uma peça muito bonita, e super fácil de fazer. Basta um pouco de habilidade manual e criatividade.

Você pode usar o molde de uma blusa sua.

Material:

Renda de algodão da largura e cor que você desejar. Na minha opinião, quanto mais estreita melhor.

Linha, agulha.

Ziper

Começe costurando as tiras de renda até atingir o tamanho desejado.

Corte no molde da blusa.

Pregue as alças.

Costure o zíper na lateral.

Pronto!

Você tem uma blusa super linda e exclusiva.

Fonte: Style Lovely

 

Sem título1Sem título2Sem título3Sem título4Sem título5

Pintura em calça branca.

O que fazer com aquela calça branca que você não usa mais, e que está há um tempão esquecida no armário?

Que tal dar uma renovada com uma pintura rendada?

É simples de fazer, basta um pouco de habilidade manual e paciência.

Material:

– Canetas para pintura em tecido da cor preferida.

– Um pedaço de tecido rendado.

– Papel cartolina, ou papelão. Um pedaço de 20X30cm

– Criatividade.

Modo de fazer:

Coloque a cartolina por dentro da calça, para que ao pintar a tinta não ultrapasse e borre o outro lado da calça. Pinte as flores da renda no espaços. Cuidado para não borrar o tecido da calça com a parte da renda que já foi usada, portanto não utilize o pedaço da renda usado até que ele seque. Vá colocando um papel sulfite na calça para que o tecido não encoste. Você pode fazer só numa parte, ou na calça toda. Se você não se sentir segura no inicio, faça o teste num pedaço de tecido antes. Solte a sua criatividade.

Agora, é só receber os elogios pela calça nova!

1 tumblr_mutiunf8g81s54roho8_1280

1 tumblr_mutiunf8g81s54roho8_1280

2tumblr_mutiunf8g81s54roho6_500

3 tumblr_mutiunf8g81s54roho8_1280

4 tumblr_mutiunf8g81s54roho3_1280

5 tumblr_mutiunf8g81s54roho2_1280

6 tumblr_mutiunf8g81s54roho1_1280

7 tumblr_mutiunf8g81s54roho4_1280

8 tumblr_mutiunf8g81s54roho5_1280

Fonte: http://www.lovemaegan.com/2012/04/floral-print-jeans-diy.html

MOULAGE DE CORSELET

Imagem

Sem título

 

Sem título1

 

Para a realização da moulage do corselet é necessário utilizar um têxtil com caimento semelhante ao do tecido que será confeccionada a peça. Geralmente opta-se por utilizar o algodão cru com gramatura média. Para os iniciantes na técnica de moulage, indica-se a utilização do algodão com gramatura média porque é de fácil manipulação. Abaixo seguem os tipos de peças feitas com cada gramatura de algodão:

– Algodão de gramatura leve – é utilizado para fazer blusas, vestidos e lingerie;

– Algodão de gramatura média – utilizado para a maioria das roupas;

– Algodão de gramatura pesada – utilizado para jaquetas e casacos pesados.

Passo a passo: moulage do corselet

 01 – Seguindo o sentido do fio do tecido, coloque o algodão cru sobre o manequim de costura a fim de medir o tamanho necessário de algodão para os moldes. Para cada pedaço do corselet, será realizado um molde, portanto é necessário cortar um pedaço de algodão cru, deixando uma margem de sobra nas laterais e parte superior e inferior.

02 – Rasgue o algodão cru com os tamanhos necessários para fazer os moldes. Ao rompido, o algodão geralmente se deforma, portanto é necessário emparelhá-lo: puxe as pontas do tecido, até ele igualar novamente. Marque o fio do tecido em todos os pedaços de algodão e passe a ferro.

Sem título2

 

Pedaços de algodão preparados com fio do tecido

03 – Posicione o pedaço de algodão da parte do centro da frente, seguindo a linha do fio do tecido. Alfinete sobre o centro e vá prendendo-o com alfinetes em direção a lateral. Nos moldes da lateral da frente, primeiro prenda o meio do painel com alfinetes, e depois prenda-os nas laterais.

Sem título3

 

Moulage do corset: centro da frente e da lateral da frente

04 – Para que o tecido se assente sobre os recortes onde há curvas é necessário realizar piques para tirar a tensão do tecido. Caso ésse procedimento não seja realizado, o têxtil não irá se adaptar ao corpo.

Sem título4

 

Piques sobre os recortes

05 – Posicione o restante dos painéis e faça a moulage de cada parte do corset, sempre aplicando piques sobre a margem.

Sem título5

 

Da frente e lateral e das costas do corset

06 – Ao finalizar a moulage de toda a peça, marque todas as linhas (centro da frente e das costas, recortes, decote e bainha) utilizando um lápis ou canetinha.

07 – Para verificar se a moulage ficou como esperado, é possível alfinetar um molde com o outro, como se fosse uma costura; ou costurar com um ponto mais largo – fácil de desmanchar. Assim é possível colocar a peça novamente sobre o busto e verificar se o desenho ficou conforme o desejado.

Por Bruna Pacheco

Profa. da Universidade Feevale e proprietária da Black Label Consultoria

Fonte:  http://www.audaces.com

http://bit.ly/1hmIFsp